BOUCHET.DK

C.V. Portuguese

Dominique Bouchet é um poliglota interdisciplinar que é conhecido pelos seus vastos conhecimentos em temas transdisciplinares, pela sua alta produtividade, o seu empenho na universidade e nas questões sociais, e a sua habilidade em comunicar sobre questões complexas com um público heterogéneo em 5 línguas diferentes, para além de notáveis competências interculturais.

A 28 de Novembro de 2007 o prémio de investigação da Associação Académica Dinamarquesa foi concedido ao professor Dominique Bouchet. O júri motivou este prémio com as seguintes palavras:

Dominique Bouchet conseguiu inscrever o seu domínio de investigação para além dos limites estabelecidos, desafiando a tradição dinamarquesa em matéria de ciências sociais. Pelo interesse manifestado pela dinâmica da mudança, o professor Dominique Bouchet é uma fonte notável de inspiração para a ciência. Assim, devido ao carácter inovador dos seus trabalhos e habilidade em pensar novos caminhos interdisciplinares, o prémio da investigação é atribuído a Dominique Bouchet.

Desde 1992, Dominique Bouchet é o titular da cadeira de marketing internacional no Instituto de Marketing e de Gestão da Universidade do Sul da Dinamarca, cujo principal campus está situado em Odense, cidade natal de Hans Christian Andersen. Desde Janeiro de 1994 até Janeiro de 2008 ele foi também director dos programas de doutoramento em ciências sociais, económicas, políticas, jurídicas e comerciais nesta mesma universidade. Dominique Bouchet é frequentemente convidado para acompanhar programas de doutoramento em várias universidades e institutos comerciais, nomeadamente no ESSEC (Escola de Ciências Económicas e Comerciais), na Universidade do Texas (PanAmerican), na Universidade de Estocolmo, na Universidade Pierre Mendès France de Grenoble, e na Universidade Paris Dauphine onde intervém regularmente nos dois programas de formação contínua: o mestrado em Gestão Intercultural e o mestrado Gestão e Diversidade. Ele intervém frequentemente na Faculdade de Estudos Internacionais e Políticos da Universidade Jagiellonian de Cracóvia na Polónia e é também examinador externo da Universidade de Dublin na Irlanda.

Dominique Bouchet nasceu no Bairro XV de Paris em 1949, onde viveu mais de um quarto de século. A sua família tem origens na Ardèche, na Drôme e em Touraine e muitas das suas férias foram passadas nos Alpes. É titular de um doutoramento em economia internacional (Paris I, Phanthéon-Sorbonne), de um DEA de sociologia (Paris VII, Jussieu), do DESS de urbanismo da ENPC (École Nationale des Ponts et Chaussées), assim como de um diploma britânico de inglês comercial.

Dominique Bouchet foi mestre de conferências em economia internacional na Universidade de Aalborg entre 1977 e 1982, em seguida mestre de conferências em sociologia e em psicologia social na Universidade de Odense de 1983 a 1986, e posteriormente professor titular de sociologia nesta mesma universidade, de 1987 a 1992. Obteve a cadeira de marketing na Universidade do Sul da Dinamarca em 1992. Em simultâneo, trabalhou a tempo parcial como mestre de conferências em sociologia na Universidade de Odense entre 1976 e 1982, e como professor titular na Escola de Comércio de Oslo (Norges Handelshøjskolen BI), de 1999 a 2002.

Os domínios preferidos de investigação são as diferenças culturais e a mudança social, sobretudo em relação com as teorias e as práticas de marketing e gestão. Isso inclui a evolução e as diferenças de comportamento dos consumidores, e a evolução e a variedade de práticas dos agentes de comercialização e distribuição. Ele trabalhou muito nas áreas da alimentação e da tecnologia (diferenças culturais, mudanças), nomeadamente num projecto de pesquisas específicas em 13 países, a convite de produtores e distribuidores, na área da alimentação. As investigações foram conduzidas em estreita relação com as empresas e organizações. A sua intervenção frequente como conselheiro de empresas, permite-lhe uma rede de contactos e uma experiência importantes, contributos de que as suas pesquisas e análises beneficiam. Além disso, a sua abordagem científica, foi sempre caracterizada pela forma pluri- e transdisciplinar. Ele trabalha igualmente no desenvolvimento de métodos qualitativos semióticos de análise dos comportamentos de consumo; publicou até agora perto de uma centena de artigos científicos e mais de vinte livros e textos. Muitos destes documentos podem ser lidos numa dezena de línguas, incluindo o português, o polaco e o chinês. Uma lista destas publicações e das suas intervenções pode ser consultada no seu blog:

Bouchet intervém fluentemente em 5 línguas diferentes e fala outras mais. Foi convidado a dar cursos de doutoramento nas seguintes universidades: a Escola Kellogg de Gestão, Universidade do Noroeste em Chicago, Universidade do Estado de Arizona, Universidade da Califórnia em Irvine, Universidade de Estocolmo, Paris Dauphine, Paris Sorbonne, ESSEC, ENPC & HEC em Paris, ESADE em Barcelona, Universidade de Valladolid em Espanha, IMEA em Besançon, assim como sobre programas internacionais no EAISM e EDAMBA. Organizou também 11 cursos internacionais de doutoramento com uma duração de 4 a 9 dias, reunindo participantes do mundo inteiro sobre temas como sejam a comunicação intercultural, métodos qualitativos de análise, teoria do consumo, o factor cultural da investigação em marketing e gestão, etc.

Bouchet foi convidado a dar conferências na Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Estados Unidos da América, Finlândia, França, Hungria, India, Islândia, Irlanda, Itália, Japão, México, Noruega, Polónia, Portugal, Rússia, Espanha, Suécia, Ucrânia…

Ele publicou cerca de 80 crónicas em jornais de 7 países diferentes.

Bouchet é membro dos conselhos de redacção de várias revistas europeias, canadianas e americanas tais que Décisions Marketing, Thesis Eleven, Pragmatics and Society, Consumption, Markets & Culture. Ele foi co-redactor de duas revistas interdisciplinares escandinavas para cuja criação contribuiu (Paradigma e Paradoks).

Bouchet foi membro do conselho de investigação em estratégias do bem-estar social, assim como membro do conselho da magistratura dinamarquesa. Além disso, foi conselheiro junto de organizações nacionais sobre a prevenção da delinquência em França e na Dinamarca. Ele foi também membro de júris de avaliação de candidaturas e integrou júris de discussão de teses em várias universidades pelo mundo fora.

Bouchet é um interveniente solicitado por vários públicos, e deu centenas de conferências em muitos meios e a todos os níveis. Foi dito nos órgãos de comunicação que “Bouchet escreve sobre temas e fenómenos complexos, todavia de tal forma que os seus artigos e conferências são também apreciados e requisitados por públicos que se não interessam normalmente por questões académicas.”

Dominique Bouchet é ainda muito solicitado por dirigentes de empresas e organizações. É conselheiro ao mais alto nível e tem vindo a intervir num número impressionante de empresas em variados sectores, nomeadamente em empresas alimentares, farmacêuticas, de material electrónico, assim como de cadeias de distribuição.

Em 1992 foi-lhe atribuído o prémio de investigação dinamarquês e as palmas académicas francesa (“Chevalier de l’Ordre des Palmes Académiques”); em 2005 foi-lhe concedida a ordem nacional francesa de mérito (“Chevalier de l’Ordre National du Mérite”); em 2014 foi-lhe concedida a ordem nacional dinamarquesa Cavaleiro da Ordem de Dannebrog (“Ridder af Dannebrogen”); ganhou várias outras distinções no domínio da investigação, nomeadamente a já referida no início deste curriculum vitæ.

Link para a lista de publicações, lista de intervenções e CV detalhado:

PUBLICAÇOES

O professor Bouchet tem sido convidado a dar conferências em departamentos universitários de investigação nas áreas de antropologia, arte, arquitectura, comunicação, estudos culturais, design, economia, educação, ética, jornalismo, línguas, gestão, marketing, media, filosofia, física, ciências políticas, psiquiatria, psicologia, semiótica, psicologia social, antropologia social, sociologia, tecnologia, urbanismo, transportes, turismo.

Em fins dos anos 80, o professor Bouchet criou em Odense um departamento interdisciplinar de marketing, investigando a relação entre mercados e sociedade.

Em princípios dos anos 80, o professor Bouchet estabeleceu um painel de investigação interdisciplinar (Kompleks) e contribuiu pra a criação de dois jornais escandinavos interdisciplinares: Paradigma e Paradoks.

RECOMMENDATIONS